Bolsa Aluguel 2012: Cadastrar no Auxílio Moradia

Conheça o Bolsa Aluguel 2012 e saiba como se cadastrar no Auxílio Moradia

Auxílio Moradia

O governo de São Paulo tem se mostrado solidário as famílias mais carentes que sofrem algum dano em suas moradias por conta da utilização das mesmas pela prefeitura da cidade ou até mesmo pela ação da natureza nos últimos acontecimentos que deixaram várias famílias desabrigadas. Os projetos Bolsa Aluguel e Auxílio Moradia são distintos, mas podemos explicá-los sucintamente para um bom entendimento. Confira!

A Secretaria Municipal de Habitação (Sehab) está precisando de algumas áreas urbanas para a criação das CDHUs, e as famílias que residem nestas áreas têm direito ao benefício do Bolsa Aluguel, que é um boleto que cada família recebe mensalmente para que possam custear o valor do aluguel em outra região. Isso requer que a família se cadastre no programa, tendo então que receber até seis salários mínimos de R$300,00, que dá o máximo de R$1800,00. O Bolsa Aluguel exige que a pessoa vá até a Secretatia de Habitação ou ao CRAS e depois do cadastro receberá um boleto para a quitação do aluguel, que a cada mês deve ter o comprovante de quitação do mês anterior.

Quando estamos falando do Auxílio Moradia, nos referimos a um programa que está destinado as pessoas que foram afetadas pelas enchentes na perda total ou parcial de seus imóveis. Este auxílio é puramente emergencial e consiste no valor de R$300,00. Pode parecer pouco, mas numa hora dessas as pessoas costumam fazer verdadeiros milagres e aproveitar muito bem o pouco que ganharam para seguirem adiante.

O site do governo de São Paulo está livre para ser acessado pelo link www.saopaulo.sp.gov.br para a pessoa tirar as demais informações que tiverem dúvidas, e o local físico relacionado a estes pagamentos é a Caixa Econômica Federal. É importante ressaltar que os valores acima são dados por família, e não pessoa.